O jeito certo de fritar ou refogar alho sem queimar

O jeito certo de fritar ou refogar alho sem queimar

Cansou de sempre queimar o alho na hora de refogar? Com essa dica, isso nunca mais vai acontecer!

Você já deve ter passado por uma situação parecida: Você pensa assim: “hmmmm, hoje vou fazer um macarrão daqueles”. Com a massa pronta, você resolve fazer um molho bem gostoso… de berinjela! Suas habilidades na cozinha nem são lá essas coisas, mas você sente uma certa confiança no momento em que joga o alho picadinho na frigideira e ele começa a chiar. Você sabe tão bem o que está fazendo que nem mais se preocupa em dar um passo para trás para se proteger do óleo. Apenas observa seu alho adquirir um bonito tom dourado.

Agora, você só precisa adicionar a berinjela e… PERA! Cadê a berinjela?!! E você se dá conta de que esqueceu de cortá-la e, antes que de dar tempo de sofrer com a desatenção, olha só, seu alho já está completamente preto. Não está queimado, mas não está mais tão potencialmente delicioso. Afinal, quanto mais escuro, mais intenso e acre fica seu sabor.

E agora? Como evitar isso? Muito fácil:

Para desacelerar o processo de douramento do alho, ao invés de jogá-lo no óleo quente, coloque o alho e o óleo juntos na panela fria e só aí ligue o fogo. Dentro de 1 ou 2 minutos, o óleo vai começar a borbulhar de leve e o alho vai soltar o seu sabor. Você pode começar a mexê-lo e ele vai cozinhar lentamente e igualmente até ficar no exato tom de dourado que você espera. E pronto! Fim do drama do alho queimado!

Só mais uma dica: você deve ficar mexendo o alho enquanto ele refoga. Ele pode ficar marrom rapidamente se você não o fizer.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu nome

Mensagem