Ficha técnica de restaurantes: qual a sua importância?

Ficha técnica de restaurantes: qual a sua importância?

Existem diversos modelos de ficha técnica de restaurantes e, em meio a toda essa variedade, é importante saber escolher o modelo que melhor se adapta ao seu negócio. Afinal, você deve saber que a ficha técnica é um documento essencial na cozinha de qualquer restaurante e, que quanto maior o grau da precisão dessa ficha, melhor e mais fácil tende a se tornar a gestão do seu restaurante.

Quer aprender como montar a ficha técnica para o seu restaurante, entender definitivamente por que ela é tão importante para o seu negócio e conhecer suas vantagens? Então continue a sua leitura e confira!

Como deve ser uma ficha técnica de restaurantes?

Como dissemos, existem vários modelos de ficha técnica de restaurantes, e é importante que você escolha o que melhor se adequá ao seu tipo de negócio. Mas afinal como deve ser uma ficha técnica? Confira as informações que devem conter ao menos em um modelo básico de ficha técnica de restaurantes:

  • Nome do prato;
  • Preço de custo de cada insumo utilizado na receita;
  • Cotação atualizada do fornecedor;
  • Cálculo de uso — incluindo a perda;
  • Tempo de preparo da receita;
  • Equipamentos utilizados no preparo;
  • Mão de obra envolvida;
  • Métodos utilizados;
  • Armazenamento do produto;
  • Temperatura indicada para armazenamento;
  • Rendimento;
  • Tamanho da porção;
  • Custo final da produção;
  • Impostos envolvidos;
  • Encargos;
  • Custos administrativos;
  • Receituário;
  • Imagem do produto;
  • Instruções especiais — quando necessário.

Qual a importância da ficha técnica?

Esses dados que são colocados na ficha técnica de cada prato, receita ou porção servida em seu restaurante são muito importantes porque ajudam a ter um maior controle administrativo e operacional do negócio.

Com esses dados em mãos é possível não apenas manter um padrão de qualidade nos pratos e drinks servidos no seu restaurante, mas também formar um preço de venda que lhe ofereça uma boa margem de lucro, seja atraente para o cliente e esteja de acordo com o mercado. Confira outras vantagens que a ficha técnica oferece para o seu restaurante:

  • Maior controle das compras a fazer para o restaurante;
  • Informar com precisão os ingredientes e suas respectivas quantidades utilizadas nos pratos servidos em seu restaurante, caso você um dia atenda um cliente que tenha uma dieta específica ou controlada;
  • Não deixar nenhuma dúvida para a sua equipe de cozinha quanto aos ingredientes e o modo de preparo de cada prato;
  • Fazer uma comparação entre as compras dos insumos com a receita proveniente das vendas;
  • Ter maior precisão quanto ao custo total envolvido em cada receita;
  • Muito mais facilidade na hora de treinar novos colaboradores contratados para trabalhar na cozinha do seu restaurante;
  • Facilidade em fornecer os dados necessários para o software de gestão utilizado em seu restaurante.

Enfim, o uso da ficha técnica em seu restaurante é algo indispensável. É a partir deste documento que você pode garantir um padrão de qualidade que conquiste seus clientes, conhecer os custos envolvidos na produção de cada prato, de cada drink para fazer uma melhor administração e abrir espaço para trabalhar os preços.

Não subestime a importância dessa ficha para a administração do seu restaurante, pois uma má gestão é capaz de gerar muitos gastos e levar à falência do estabelecimento.

Se você gostou do post, compartilhe-o em suas redes sociais para que seus amigos e parceiros também saibam da importância da ficha técnica de restaurantes.

Créditos: Blog InfoKings

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu nome

Mensagem