Unicórnios existem: Chega no RJ uma bebida brilhante.

Unicórnios existem: Chega no RJ uma bebida brilhante.

A bebida em questão é roxa, se bebe em shot e brilha. O nome gruda na mente, é simpático e instigante.

O Sangue de Unicórnio é um coquetel de vodka com licor de laranja. A proposta da empresa é trazer uma experiência única, mágica, encantar o público com seu brilho, e claro com um sabor único. Quando a bebida é colocada no copo parece que está aferventando, brilhos vêm a superfície a todo momento. Se deixar a bebida escorrer pela língua percebe-se que os 34,8% de álcool estão presentes. Mas quando se vira o shot a sensação é completamente diferente.

Como é servido extremamente gelado a sensação do álcool demora um pouco a vir à tona, transformando o friozinho em calor em rapidamente. O retrogosto do licor segue a sensação do álcool enchendo a boca com um sabor de lima da pérsia e toques de frutas vermelhas. Realmente incrível, único e parece não fazer sentido. A cor roxa que nos remete a sabores como uva ou mirtilo, na verdade se torna uma explosão de sabores únicos.

Os noivos Cainã Freitas e Danielle Tosta Segurão são sócios e criaram o Sangue de Unicórnio com foco na noite carioca. Fazer sucesso nas baladas, casas noturnas, festas e eventos do Rio de Janeiro parece fácil com uma bebida tão incrível, mítica.

Sobre o Sangue de Unicórnio:

Recém criado o Sangue de Unicórnio tem um objetivo audacioso, revolucionar o mercado de bebidas no Rio de Janeiro. Como o carioca não tem o costume de beber shots e levando em consideração que essa cultura já é estabelecida em várias cidades a empresa viu uma oportunidade por aqui. Tendo um apelo visual muito forte e uma política de mercado baseada em parcerias, os sócios estão confiantes do sucesso iminente.

O casal Danielle (Dani, como ela é conhecida) e Cainã, já tiveram um Gastrobar no Rio de Janeiro, ficando abertos por 3 anos. “Aprendemos muito e conhecemos o mercado, percebemos que faltava alguma coisa.” – conta Dani. Depois de fecharem ficaram um período pesquisando o que carecia no mercado carioca. “Fizemos alguns testes, alguns amigos provaram e então depois de alguns meses nascia o Sangue de Unicórnio.” – conta Cainã ao relembrar a trajetória da criação do drink.

Já o nome do drink está associado a cultura pop e a hype na qual o animal mitológico vem sofrendo nos últimos anos.

Para mais informações, entre em contato com:
Cainã Freitas ou Danielle Tosta Segurão
sanguedeunicorniodrink@gmail.com.br

Fonte/Créditos: Assessoria
Fotos: Jaqueline Vojta


Compartilhe este post com as pessoas em suas redes sociais e marque o perfil. Curta e siga o @gastronomidiaoficial no Facebook ou no Instagram.

Nós também estamos no WhatsApp, adicione o nosso número (11) 97725-5667 em seus contatos ou utilize este link para falar com a gente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu nome

Mensagem